Indicação do Dia: Séries para passar o tempo

Em 24.01.2014   Arquivado em indicação do dia, Séries
friends, new girl, white collar, house

As vezes a gente está de bobeira, dando um tempo nos estudos ou tentando sobreviver ao tédio de domingo e não sabe o que fazer, por isso hoje eu vou mostrar algumas séries conhecidas que podem ser vistas de forma aleatória, quando você quer apenas assistir algo legal para passar o tempo sem interesse de acompanhar o desenrolar da história. Se você não tiver tv a cabo, a maioria deles está no Netflix e também dá para assistir online na hora que quiser.
A maioria dos seriados que se encaixam nessa categoria são os investigativas tipo CSI e Bones ou os de comédia como Simpsons, Modern Family e etc. Mas vou mostrar os meus preferidos.


Friends 
Warner. 
Essa já é clássica, é possível não amar esses seis? E podem vir com suas The Big Ban Theory e Two And a Half Man, nenhuma supera Friends, não para mim. Perdi a conta de quantas e quantas vezes estava sem nada para fazer e coloquei na Warner só para rir desses amigos. Ao longo das dez temporadas é possível assistir os episódios de forma aleatória e se divertir em cada um deles. Claro que acompanhar a ordem dos fatos e entender melhor o relacionamento conturbado de Rachel e Ross e as nem tão brilhantes atuações de Joey é muito mais interessante, mas isso não nos impede de ligar na Warner sempre que tiver um tempinho sobrando.

Todo Mundo Odeia o Chris
Record/TBS
Essa eu não preciso nem comentar, né? A verdade é que todo mundo ama o Chris e já sabe os episódios decorados, pelo menos eu sei e não canso de assistir. Eu tinha um professor de História que era fã do seriado, a teoria dele era de que, sem nem perceber, aprendemos muita coisa sobre os Estados Unidos assistindo as aventuras de Chris no Brooklyn. O que não deixa de ser verdade, afinal, quantos de nós já não conhecia Martin Luther King antes mesmo das aulas de história?


House
Universal.
Todo mundo morre, todo mundo mente e todo mundo ama o doutor Gregory House. Ou não? Eu era viciada nessa série, quase me fez querer ser médica. A inteligência, o charme e a ironia do House me fizeram acompanhar episódio por episódio até a terceira temporada, depois o tempo foi se tornando escasso e passei a assistir aleatoriamente sempre que podia. A cada episódio um caso que intriga nossa inteligência. É uma série que faz pensar, ao mesmo tempo que emociona e diverte.


New Girl 
Fox.
Jess e seus companheiros de apartamento são uma ótima opção para um domingo (ou pelo menos melhor que a programação da TV aberta e a cabo). Zooey Deschanel interpreta uma professora com uns parafusos a menos e só eu acho que esse papel combina muito com ela? É uma série mediana, que faz rir, ótima para espantar o tédio.


White Collar
Fox
Há tempos que queria falar de White Collar aqui, por ser uma série investigativa diferente das demais, pois é mais leve já que traz crimes do colarinho branco, como desvio de dinheiro, falsificações e roubos de obra de artes. Essa eu assisto seguindo a ordem cronológica, mas dá para ver de forma aleatória (pelo menos as duas primeiras temporadas). Eu seria hipócrita se não falasse do Matt Bomer e seus lindos olhos azuis, torna-se impossível não se apaixonar pelo “cara mau”. O mozzie, sem dúvida alguma, consegue roubar a cena. Sem falar do Satchmo, o labrador do “casal engravatado” Peter e Elizabeth, que é uma graça. Eu poderia fazer um post inteiro só para falar do meu amor por White Collar, que apesar de não ser uma série grande e com muitos fãs, me conquistou ainda na propaganda.