Categoria "Música"

Top 5: Covers

Em 15.03.2014   Arquivado em Música, Top 5

Já faz um tempinho que eu queria fazer esse post, mas devido à dificuldade de escolher só cinco eu acabei adiando (porém ainda me lamento por ter que deixar alguns de fora). Então vem ver o que com muita luta eu separei para vocês:

Vocano – Phillip Phillips
Eu já torcia pro Phillip, mas quando ele cantou essa música eu me apaixonei e tive a certeza de que ele ia ganhar.
Eu amo a voz e o estilo dele, o CD a propósito está muito bom, vale a pena dar uma conferida.

Imagem de Amostra do You Tube
Say Something – Alex & Sierra
São lindos, transbordam amor e essa versão ganha com folga da original. Sierra no piano é muito amor!
Imagem de Amostra do You Tube
Demons – Jeff Gutt 
(Também sou apaixonada pela versão do Boyce Avenue)
Essa música combinou muito com o Jeff, já falei que estava na torcida por ele né? 
Imagem de Amostra do You Tube

I Knew You’re Troble – Alex & Sierra
Melhor versão de todas, para sempre!
Imagem de Amostra do You Tube
{ Veja mais de Alex & Sierra e Jeff Gutt aqui. }


When I Was Your Man – Boyce Avenue feat. Fifth Harmony
Eu amo as versões da Boyce Avenue, em especial essa com a participação das meninas do Fifth Harmony que são umas lindas.
Imagem de Amostra do You Tube
{ Veja mais sobre Boyce Avenue aqui }

* BÔNUS *
Mês passado um amigo me chamou para gravar um vídeo para o canal dele e mesmo detestando filmagens eu aceitei. O vídeo foi postado há pouco tempo e sim, estou aproveitando esse post para me auto promover e divulgar o trabalho do Gustavo, hahaha. Espero que gostem. (E relevem minha falta de postura, mas odeio filmagens, hihi.) 
Imagem de Amostra do You Tube

Um obrigada especial ao Gustavo pelo convite, meu namorado e casal mais lindo, Kátia e Matheus, pelo apoio e ajuda nas filmagens.

Gostaram? (E não estou me referindo a minha desastrosa interpretação)
Vocês tem algum cover para me indicar?

Um amor chamado: Deezer

Em 26.02.2014   Arquivado em Música

Para os movidos a música como eu, uma grande dica: DEEZER!
É o melhor aplicativo de música da minha vida. Ok, ele não é perfeito, é pago. Chorem comigo.
Ele é que nem o netflix, a gente paga uma mensalidade de 15 reais para poder usufruir de forma ilimitada, mas como toda boa estratégia de marketing ele tem um período de experimentação e vou logo avisando a vocês, o tempo é pequeno mas suficiente para viciar.
São 15 dias grátis no seu celular ou tablet e seis meses no computador para você ouvir, compartilhar e conhecer a biografia do seu artista preferido.
E o melhor de tudo é que você pode sincronizar offline seus álbuns preferidos para ouvir em qualquer lugar e quando quiser. Me digam se é possível não amar?
O chato é que após o seu período de experimentação ou você paga todo mês ou e tem que se contentar apenas com os primeiros 30 segundos de cada música e perde todas as maravilhas do mundo da música para sempre! OK, chega de drama.
Mas vou contar um segredo para vocês – e que os criadores do deezer não vejam isso! – eu sincronizei logo vários álbuns para ouvir offline e mesmo com o fim dos meus 15 dias eu consigo ouvi-los na íntegra e não só os 30 segundos iniciais de cada música. Não sei até quando isso vai dar certo, mas até lá vou aproveitar e recomendo que vocês façam o mesmo, hahaha.

O aplicativo está disponível para android e IOS.

Quem tiver interesse em seguir minha atividade musical no aplicativo é só procurar por cecimaria. 

Fotos da Semana: Show do Humberto Gessinger e Paralamas do Sucesso

Em 10.02.2014   Arquivado em Fotografia, Música, Pessoal

Sábado finalmente chegou e eu – que já estava com os ingressos comprados desde dezembro, ansiosa que sou – realizei os sonhos de ir a shows do Engenheiros (tive que me contentar com o Humberto, já que a banda não existe mais) e Paralamas de uma só vez. Eu, meu namorado e uns amigos fomos os primeiros a chegar e ficamos grudadinhos na grade, bem pertinho deles.

Humberto Gessinger 

Apesar do atraso de mais de meia hora que resultou numa diminuição do setlist, o show foi maravilhoso. Humberto cantou 3×4, Piano Bar, Dom Quixote e encerrou com Infinita Highway, entre outros sucessos do Engenheiros do Hawaii, alternando com algumas músicas do novo projeto solo, Insular. A sensação de estar separada de seu ídolo apenas por uma grade, há menos de um metro é indescritível. Os meses juntando dinheiro para o ingresso e a espera de duas horas na fila valeu muito a pena
 Paralamas do Sucesso

Não consigo encontrar outra palavra para descrever o show do Paralamas a não ser: perfeito. O som deles é muito bom e a banda inteira é extremamente carismática. O Herbert é tão fofo que fiquei com vontade de trazer para casa hahahaha. Ao gritar por “mais uma”, a banda nos presenteou não só com uma, mas com várias músicas, entre elas Aonde Quer Que Eu Vá e foi muito, muito lindo! Além de um show repleto de sucessos e simpatia, o auge da noite foi ter a a palheta jogada em nossa direção. (Amigo meu foi o sortudo da noite, mas sentimos como se todos nós estivéssemos ganhado). 
Saldo da noite: dor nas pernas, um sono sem fim, dor de garganta e ouvido e um bom humor de dar inveja. Nem preciso dizer que passei o domingo cantando e relembrando a noite anterior. 
Quem ainda não foi a um show, vá! E quem já foi, conta para mim nos comentários, estou ansiosa para saber o que vocês sentiram. 

Página 8 de 9123456789